OSB-SP presta contas e apresenta planejamento para 2019 em Assembleia Geral

Presidente do OSB-SP, Paulo de Oliveira Abrahão, durante abertura da Assembleia Geral (Foto: David Nascimento/OSB-SP)

No dia 30 de maio de 2019, o Observatório Social do Brasil – São Paulo (OSB-SP) realizou Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária em sua sede na FECAP da Liberdade, Centro da capital. O encontro teve mais de 20 participantes, incluindo diretoria, conselheiros, coordenadores, associados e convidados, e a abertura foi realizada pelo presidente da organização, Paulo de Oliveira Abrahão, que apresentou o planejamento estratégico feito para 2019.

“Comparando 2018 com 2017, os nossos resultados foram muito mais consistentes. E com a elaboração do nosso planejamento estratégico no fim do ano passado, nós tivemos condições de identificar nossos principais pontos fracos, que já estão sendo trabalhados neste ano e, por conta disso, esperamos em 2019 ter um aumento de resultados e de recursos tanto humanos quanto financeiros para atingirmos nossos objetivos”, apontou Abrahão sobre os levantamentos apresentados.

Os principais objetivos da Assembleia foram a prestação e aprovação de contas do exercício social encerrado no dia 31 de dezembro de 2018, contando com o relatório de atividades e as demonstrações contábeis do ano, e a apreciação e aprovação do Plano de Atividades e Previsão Orçamentária de 2019.

A apresentação dos trabalhos do OSB-SP desenvolvidos em 2018 ficou por conta da vice-presidente operacional da instituição, Gioia Tumbiolo Tosi, que destacou os projetos Aprendendo a Fiscalizar, Avaliação de Política Pública: Núcleo de Convivência do Idoso, Conhecendo a Câmara de Vereadores, Cuidando do Meu Bairro, Monitoramento do Legislativo e Monitoramento de Licitações.

A Assembleia Geral também contou com as exposições da previsão orçamentária de 2019, apresentada por Abrahão; da captação de recursos, feita pelo vice-presidente de Relações Institucionais, Paulo Surnin; dos projetos em andamento, pela coordenadora de projetos, Letticia Rey; e sobre o setor de comunicação e atividades administrativas, pela Bárbara Alcalde.

Diretoria, conselheiros, coordenadores e associados do OSB-SP (Foto: Cláudio Ramos/OSB-SP)

*Por: Redação OSB-SP

OSB-SP participa do ciclo de palestras “Sociedade Civil e Governo: Um relacionamento em desenvolvimento”

Além do OSB-SP, participaram do evento a ONG Transparência Brasil e a ponteAponte, abordando como o relacionamento entre administração pública e sociedade civil tem se aprimorado nos últimos anos

Da esquerda para a direita, os palestrantes Galdino, Abrahão e Aoqui (Foto: André Takara/OSB-SP)

No dia 14 de maio, o presidente do Observatório Social do Brasil – São Paulo (OSB-SP), Paulo de Oliveira Abrahão, palestrou durante o evento “Sociedade Civil e Governo: Um relacionamento em desenvolvimento”, realizado no Espaço Manacá, na sede do Conselho Regional de Administração de São Paulo (CRA-SP), Jardim América, Zona Oeste da capital. O objetivo do encontro foi debater a relação entre a administração pública e a sociedade civil, abordando como esse relacionamento tem se aprimorado nos últimos anos, com políticas de transparência, dados abertos e outras iniciativas que aproximam os dois setores.

Além do OSB-SP, o evento contou ainda com representantes de mais duas instituições, nas palestras do presidente da ONG Transparência Brasil, Manoel Galdino, doutor em ciência política pela Universidade de São Paulo (USP), e do diretor-executivo da ponteAponte (pAp), Cássio Aoqui, jornalista e professor de Inovação e Empreendedorismo Social da Fundação Instituto de Administração (FIA).

Para o presidente do OSB-SP, os participantes do ciclo de palestras, em maioria administradores, já têm um conhecimento sobre o assunto e uma predisposição em ter interesse pelo controle social. “A gente conversa com os amigos e muita gente está indignada com o problema da corrupção, do desvio de dinheiro, com o desperdício de dinheiro público. Como nós dizemos no OSB, ficar indignado é importante, mas ter atitude é mais importante ainda, é fundamental”, instigou Abrahão durante a palestra.

O evento foi realizado pelo CRA-SP e pelo Grupo de Excelência em Administração do Terceiro Setor (GEATS).

*Por: Redação OSB-SP